Texto Completo


Brasil atinge pior posição em ranking de percepção da corrupção
Fonte : Brasil 247
Levantamento realizado pela ONG Transparência Internacional mostra que o Brasil caiu 17 posições e atingiu a pior colocação em 5 anos no ranking sobre percepção da corrupção. No estudo, feito com 180 países e divulgado nesta quarta-feira, 21, as notas dadas aos países vão de 0 a 100. Quanto maior a nota, mais transparente é o país, na visão de seus moradores.

O Brasil obteve 37 pontos e passou a ocupar a 96ª posição no ranking. No lugar que ocupa hoje, o Brasil está empatado com Colômbia, Indonésia, Panamá, Peru, Tailândia e Zâmbia, ficando atrás de países como Timor Leste (91º), Burkina Faso (74º) e Arábia Saudita (57º).

No levantamento anterior, o Brasil obteve 40 pontos e ficou na 79ª colocação. Apenas a Libéria e o Bahrein apresentaram recuo maior que o Brasil, de 32 e 33 posições, respectivamente.

Segundo o representante da Transparência Internacional, Bruno Brandão, o Brasil vinha apresentando uma trajetória de queda no índice desde 2014. "Foi uma das maiores quedas já registradas do país na história de participação do ranking, o que representou uma enorme frustração, tanto para o país como para a sociedade", analisa.

No ranking de 2017, o Brasil também apresentou uma queda na sua posição em relação a outras nações em desenvolvimento, como os Brics. Índia (81º), China (77º) e África do Sul (71º) ultrapassam a nação brasileira, que só fica à frente da Rússia --com 29 pontos, em 135º na listagem.

Data de publicação : quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

 

    ©2010 Krassine Soares Pinheiro Filho   -   Administrador