Texto Completo


Senadora reitera que Porto de Vitória continuará público
Fonte : Codesa
Uma reunião para reforçar o apoio ao movimento contrário à privatização da CODESA foi realizada na tarde desta segunda-feira (11), na CODESA, com a presença da senadora Rose de Freitas, o presidente da Companhia, Luis Claudio Montenegro e o diretor Guilherme Magalhães, e participação de dirigentes sindicais e da Intersindical dos trabalhadores e empresários do setor.

A senadora falou de todas as ações empreendidas junto ao governo federal, sempre com a participação do presidente da CODESA, para defender a gestão pública do Porto de Vitória e apresentar a viabilidade de concessão do Porto Barra do Riacho, em Aracruz, ambos sob a autoridade portuária da Companhia.

Nós ganhamos a batalha”, disse a senadora, e acrescentou: A CODESA não será privatizada. Está fora da lista de privatização. O Porto de Vitória é público e continuará assim”. Mas reiterou sobre a importância manter unido o movimento em favor do porto público e acompanhar outros pleitos do setor, buscando apoio da bancada federal e do Governo do Estado.

Presenças

Estiveram presentes as seguintes lideranças sindicais: pelos trabalhadores os presidentes da Intersindical da Orla Portuária do ES e do Sindicato dos Estivadores do ES (Estiva ES), Adilson Pereira; Suport-ES, Ernani Pereira Pinto; Sindicato da Guarda Portuária – em exercício, Jorcy de Oliveira Filho; Sindicato dos Amarradores, Adair Coelho de Araújo; Sindicato dos Conferentes, Sérgio Dias; Sindicato dos Arrumadores, Josué King Ferreira; assessor jurídico do Sindicato dos Amarradores e Desatracadores, Rodrigo Mello de Almeida; e os dirigentes Aerton Vieira dos Santos (Intersindical Portuária) e Jairo Silva e Rafael Pinheiro Ferreira (Suport-ES).

Reprsentando o setor empresarial do segmento portuário, o presidente do Sindicato dos Operadores Portuários do Espírito Santo (Sindiopes), Watson Barros Valamiel e o gerente executivo Marcos Henrique Lopes; o presidente da Associação dos Operadores Portuários do ES (AOPES), Nilo Martins da Cunha Filho e o diretor Roberto Garofalo; e o chefe executivo da empresa Multilifit, Pedro Paulo Fatorelli Carneiro.
Data de publicação : terça-feira, 12 de dezembro de 2017

 

    ©2010 Krassine Soares Pinheiro Filho   -   Administrador