Texto Completo


STJ DETERMINA QUE CODESA CONTRATE PROFISSIONAIS DE AMARRAÇÃO DE NAVIOS
Fonte : Século Diáio

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que a Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) realize a contratação e remuneração dos serviços de amarração e de desamarração dos navios que atracam no porto. Por unanimidade, o colegiado acolheu recurso do Sindicato das Agências de Navegação Marítima do Espírito Santo (Sindmares) contra decisão do Tribunal de Justiça do Estado (TJES).

:: Clique aqui para ler a matéria completa
Data de publicação : quarta-feira, 1 de junho de 2016

 

    ©2010 Krassine Soares Pinheiro Filho   -   Administrador