Texto Completo


STJ MANDA EXONERAR O “JAPONÊS DA FEDERAL”
Fonte : Do blog HLucas – O direito ao contraditório

Passados 13 anos o STJ – Superior Tribunal de Justiça -decreta a perda do cargo do agente da PF Newton Ishii, o “Japonês da Federal” que ficou famoso por escoltar os presos da Lava Jato. Resultado de um dos processos da chamada “Operação Sucuri” que aconteceu em Foz do Iguaçu em 2003, quando mais de 40 agentes públicos entraram em cana acusados de cobrar propina para liberar contrabandistas na ponte da Amizade que liga Brasil ao Paraguai. Em julgado semana passada o STJ mandou demitir cinco agentes, são eles: 1 – Newton Ishii (Japonês da Federal) 2- Miranda (aposentado, vai perder o benefício) 3 – Moura 4 – Watanabe 5 – Lutz (Falecido durante um tiroteio em Brasília anos atrás). Dettalhe: Este é o resultado de um dos 2 processos cíveis que tramitavam contra o grupo da “Sucuri” lembrando que no criminal quase todos estão condenados a prestação de sreviços comunitários. Ninguém foi pra cadeia. Em Foz do Iguaçu corre também uma ação civil pública contra os membros da “Sucuri”. Agora depois da Páscoa o procurador natural começa a série de oitivas. Resumo da Ópera: Com essa decisão do SNJ dificilmente o Japonês da Federal” continuará ser visto posando de bom menino escoltando presos na Lava Jato. A Sucuri pegou o Isshi. PITACO: Bem feito! Aqui se faz, aqui se paga!
Data de publicação : terça-feira, 15 de março de 2016

 

    ©2010 Krassine Soares Pinheiro Filho   -   Administrador