Texto Completo


GRUPO VAI ANALISAR IMPACTO DE ELEVAÇÃO DA TARIFA PARA O AÇO
Fonte : Valor Econômico/Fábio Pupo | De Brasília

O governo vai instituir um grupo de trabalho para estudar os impactos de um possível aumento na alíquota de importação do aço. A decisão foi tomada após reunião da presidente Dilma Rousseff com os ministros Armando Monteiro (Desenvolvimento) e Joaquim Levy (Fazenda), além de representantes do Instituto Aço Brasil e de empresas do setor.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento, o grupo a ser criado vai escutar todos os setores afetados -o siderúrgico e os que consomem aço em larga escala. A pasta informou que o governo tem "forte preocupação" com a manutenção dos empregos e também com saúde financeira das empresas.

O prazo para a constituição do grupo de trabalho e conclusão dos estudos é de "algumas semanas". O diagnóstico a ser produzido após as análises vai orientar a decisão a ser tomada na frente pelo governo em relação às alíquotas de importação do aço, informou o ministério.

Monteiro afirmou na semana passada que o governo discute o aumento da alíquota de importação do aço, de forma a beneficiar os produtores nacionais. Para o ministro, no entanto, é preciso avaliar os outros setores. "É preciso construir uma medida de maneira equilibrada e adequada. É um insumo básico e outras cadeias produtivas dependem desse insumo. Não é uma medida simples", disse.

Segundo o ministro, ainda não há definição em relação ao nível de eventuais novas alíquotas. "Não tenho definição sobre isso. As atuais estão entre 8% e 14%, dependendo da família de produtos."
Data de publicação : sexta-feira, 27 de novembro de 2015

 

    ©2010 Krassine Soares Pinheiro Filho   -   Administrador