Texto Completo


Trabalhadores marcam greve dia 29 no Porto de Santos
Fonte : Portogente

Em negociação no dia 17 último, a direção da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) manteve a contraproposta de 5% para o reajuste salarial dos 1.440 empregados, na data-base de junho. Diante disso, os 11 sindicatos representativos dos trabalhadores mantiveram seu calendário de campanha salarial, que inclui greve a partir do dia 29. Eles reivindicam correção de 8,80% e estão dispostos a buscá-la no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SP), em dissídio de greve. “Claro que preferimos resolver o problema por meio de negociação”, diz Robson Gama dos Santos, vice-presidente do sindicato dos operários portuários (Sintraport), o segundo maior da empresa, representando 170 artífices.

:: Clique aqui para ler a matéria completa
Data de publicação : segunda-feira, 22 de junho de 2015

 

    ©2010 Krassine Soares Pinheiro Filho   -   Administrador