Texto Completo


Plano de Dilma não empolgou empresariado
Fonte : Sérgio Barreto Motta – Rio Marítimo - NetMarinha

Apesar do alarido, o plano de concessões de R$ 200 bilhões do Governo Dilma não empolgou o empresariado. O fator básico está em que no Brasil de hoje não só há falta de investimentos como de confiança, e as coisas estão relacionadas. Nas últimas concessões, limitações impostas pelo governo desestimularam empreendedores, que se assustaram com margens de lucro máximas fixadas em lei. No capitalismo, o céu é o limite para a rentabilidade, como se vê nos bancos, que não só ganham com juros altos como não abrem mão de elevar tarifas e de cobrar até gastos com cópias e telefonemas. Outro obstáculo está no crédito: os empresários não escondem que, para investir, dependem do velho BNDES, que na era Levy deixou de receber grandes repasses da União.

:: Clique aqui para ler a matéria completa
Data de publicação : segunda-feira, 22 de junho de 2015

 

    ©2010 Krassine Soares Pinheiro Filho   -   Administrador