Texto Completo


Wilson Sons no vermelho
Fonte : Valor Econômico/Thais Carrança | De São Paulo

A operadora de logística portuária Wilson Sons reportou um prejuízo líquido de US$ 700 mil no quarto trimestre, revertendo lucro líquido de US$ 11,8 milhões de igual período de 2013. O resultado líquido foi prejudicado por efeitos cambiais negativos que somam US$ 19,4 milhões. Com câmbio constante, excluídos os efeitos, o lucro líquido seria de US$ 18,7 milhões, calcula a companhia.

A receita líquida recuou 15,3% no período, para US$ 156,4 milhões. A queda se deve à redução dos volumes de longo curso nos dois terminais de contêineres da companhia, Tecon Rio Grande e Tecon Salvador; ao menor número de operações dedicadas em logística; à queda das atividades de construção naval para terceiros; e à depreciação do real frente ao dólar.

Os lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somaram US$ 39,4 milhões de outubro a dezembro, recuo de 25% na base de comparação anual.

"O resultado operacional da Wilson Sons no trimestre é reflexo de um momento macroeconômico adverso, com moderada demanda internacional e baixo ritmo de crescimento local, que nitidamente impactaram a movimentação do negócio de terminais de contêineres e, particularmente, o Tecon Salvador", informou. Em 2014, o lucro líquido foi de US$ 30,1 milhões, queda de 31,5% em relação a 2013. A receita líquida recuou 4% no ano, para US$ 633,5 milhões.
Data de publicação : quinta-feira, 26 de março de 2015

 

    ©2010 Krassine Soares Pinheiro Filho   -   Administrador